sábado, 15 de julho de 2017

Um ano

Um ano!
Há exatamente um ano atrás, numa noite fria de julho, eu decidi que criaria um espaço onde compartilharia um pouco do que acho interessante, ou alguns pensamentos e emoções. Aqui, nesse cantinho, procurei dividir bons momentos com você, leitor. Me faz bem tentar deixar o outro bem, seja com uma imagem, um texto, um site bacana pra indicar.
E hoje minha vida está tão diferente de um ano atrás... Com a correria do dia-a-dia ficou difícil escrever nos últimos meses, mas o carinho por esse espacinho aqui continua o mesmo.
Em breve estou indo viajar e espero poder compartilhar por aqui um pouco das minhas aventuras ! 😄
Enquanto isso, parabéns para o nosso Com Afeto no Meu Dia!!!


sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Boas energias

Final do dia, final da semana, mais uma sexta-feira que se vai. Mas essa tem “cheirinho” de feriadão prolongado, de Carnaval, festança para tantos e sossego para outros. E hoje a reflexão que me veio foi a de como pessoas com “good vibes” nos preenchem de uma alegria que até então imaginamos que não sentiríamos numa sexta-feira comum. Como é bom nos cercarmos de pessoas assim! Por isso, ando atenta, observando quem provoca isso em mim, seja no mundo real, seja no mundo virtual. Sim, até virtualmente. Agora a tarde até um post que curti no Instagram me deixou energizada. Sei lá, tem pessoas que sei que nunca as verei pessoalmente mas tenho um baita carinho, engraçado isso né? Como diz uma amiga do mundo real (amiga que eventualmente sentamos pra comer um pastel e dar umas risadas), com relação aos nossos blogueiros, youtubers queridos, “somos um grupo virtual de amigos”, rsrs.
Além das pessoas, as situações, lugares ou ocasiões também nos deixam energizados. Faz parte do autoconhecimento olhar para si e identificar o que te faz feliz ou o que te deixa pra baixo. É claro que a vida não é um mar de rosas e que tem dia que tudo é um pé no saco, mas somos capazes de “filtrar” o que nos torna mais plenos e felizes. E isso é muito pessoal, tem gente que adora cozinhar enquanto outros preferem ler um livro. Então vale a pena não se cobrar demais do tipo “Fulano ama fazer tal e tal coisa, será que sou bizarra porque não curto isso?”. Não…
Pra esse feriadão, que estejamos atentos às boas pessoas, boas energias, boas situações ou ambientes que nos cercam… Bom Carnaval gente!

terça-feira, 17 de janeiro de 2017

Oi de Ano Novo

Oi pessoal,


E aí, como foram os primeiros quinze dias de 2017? Embora eu acredite que as verdadeiras mudanças partem de dentro da gente, sempre fico cheia de planos e expectativas novas com a virada de ano. E você? Desejo que cada um tenha nesse ano o suficiente para se aproximar um pouco mais de realizar (ou realize mesmo) seus sonhos e que cada dificuldade se torne uma experiência boa de desenvolvimento pessoal. Vamos que vamos! :)
E hoje o post é sobre algo que estive pensando nos últimos dias… Ter uma vida mais leve.
Sim, parece slogan de propaganda de TV, mas é bem isso. Cada vez mais tenho percebido o quanto aquela história de levar a vida menos a sério faz mesmo com que ela se torne melhor. Não se trata de não levar a carreira, as pessoas, os relacionamentos, as contas, a sério. Trata-se de ter um olhar mais leve sobre as coisas… Olhar a parte chata do trabalho, ou o defeito daquele amigo de infância, de modo mais tranquilo, entendendo que nada é perfeito, ou 100%. Trata-se de colocar um pouco mais de diversão e sorrisos ao longo do dia, para que possamos amenizar ou mesmo esquecer alguns problemas da vida, pelo menos por alguns instantes. Fala sério, ninguém gosta de gente que leva tudo ao pé da letra ou que é sempre o dono da razão. Tem aquele ainda que está muito “focado” onde quer chegar e não se permite olhar ao redor e rir, conversar, abraçar. Eu hem!
Sempre ouvi essa tal frase (‘Não leve a vida tão a sério’) e nunca ela fez tanto sentido quanto agora.
Feliz Ano Novo!


Fonte da imagem: http://guiadossolteiros.com/2015/11/14/e-se-eu-chegar-aos-30-sem-casar/


Acompanhe o blog mais pertinho:
Instagram: https://www.instagram.com/comafetonomeudia/

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Pintores e o Natal

Oi pessoal,

O Natal está aí, batendo na porta, mas queria deixar aqui uma sugestão de site para a compra de cartões. Existem outros produtos à venda também, como o calendário 2017 por exemplo, que ainda dá tempo de ser adquirido. Esses produtos são todos elaborados com muito carinho pelos “Pintores com a Boca e os Pés (APBP)”. Conheci esse trabalho com um pacote de 6 cartões e mini-cartões de Natal que chegaram lá em casa no início de dezembro. Todos são muito bonitos e a emoção aperta quando a gente olha para as imagens e pensa em como foram pintadas. Vale a pena prestigiar esse trabalho tão bonito. Segue o site: http://www.apbp.com.br/



E é com esse trabalho lindo, que quero desejar um ótimo final de ano para todos vocês, com muita saúde, amor e paz entre seus familiares e queridos. Um 2017 cheio de objetivos, sonhos e força de vontade para correr atrás de cada meta. Esse ano foi bem difícil em vários aspectos, mas vamos focar sempre no que deu certo, no que alcançamos ou estamos perto de alcançar. E agradecer sempre, pela vida, pela saúde, por cada aprendizado. Fiquem com Deus, boas festas!!!



Acompanhe o blog mais pertinho:
Instagram: https://www.instagram.com/comafetonomeudia/

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Passando pra dar um oi

Oi pessoal, 

E aí, como anda a vida? Por aqui muita correria e hoje pensei tanto no blog. Não imaginei que sentiria tanta saudade desse cantinho. Como é bom estar alinhado com aquilo que nos faz bem, e é isso que sinto por essa página. São alguns meses de compartilhamento de ideias, emoções, experiências, mas que já se tornaram bem importantes pra mim, rsrs. Tomara que sintam saudade daqui também, hehehe... 
Estou em São Paulo, fazendo um experimento do doutorado. Está sendo muito bacana "morar temporariamente" com meu irmão do meio. Ainda nesse final de semana que passou, lembramos que tem uns 10 anos que "deixamos de morar juntos", eu pra tentar um casamento que não deu certo 4 anos depois e ele pra ir pra faculdade. Agora estamos aqui, embaixo do mesmo teto, rsrs. Somos bem diferentes do que éramos há anos atrás. Agora chega o final do dia estamos podres, olhando o WhatsApp toda hora, colocando roupa na máquina e preparando alguma gororoba pra comer, quando não pedimos uma pizza ou passamos no Pão de Açúcar pra comprar comida pronta, rsrs. Essa é a vida adulta, sim, ela chegou para nós, rsrs. Mas ao mesmo tempo o carinho e companheirismo continuam o mesmo. Da hora isso. E logo o irmãozinho mais novo (detalhe para os 20 anos já completos do irmãozinho! Rsrs) deve vir para essas bandas de cá também. Aí eu quero ver! Rsrs.
Sendo assim, passei pra dar um oi, dizer que estou com saudade. Tá tudo tão doido por aqui, mas logo volto pra casa e a rotina volta ao normal. 

Logo farei um post com uma dica bem legal pro final do ano... Prometo! E se quiserem compartilhar alguma ideia comigo, manda pra cá.

Beijão, meu povo!





Foto tirada às 5h40 da matina, da janela do quarto aqui do apê ;)



Acompanhe o blog mais pertinho:
Instagram: https://www.instagram.com/comafetonomeudia/

domingo, 20 de novembro de 2016

O meu, o teu jardim

Oi pessoal,

O post de hoje é bem curtinho e apenas para uma reflexão. Vamos lá!


Se cada um de nós fosse um jardim e cada uma de nossas qualidades fosse uma flor, quantas flores diferentes você teria no seu jardim? Tem dia que nos vemos cheios de flores diferentes, uma diversidade bonita e vistosa, mas tem aqueles dias que nos vemos meio que vazios, com uma ou duas espécies apenas. Dias ruins fazem parte da vida. O importante é nos lembrarmos sempre que somos um jardim e sempre haverá algo bom dentro de nós. Saibamos regar essas “florzinhas” dentro da gente para que sejamos um jardim bonito e para que qualquer um ao nosso redor possa usufruir de tal beleza ou mesmo levar um pouquinho das nossas flores para si.

E se tem alguma qualidade (flor) que você ainda quer conquistar para embelezar ainda mais seu jardim interior, vá em busca! Se aprimore a cada dia… Tudo o que é regado diariamente e recebe os nutrientes necessários, uma hora floresce, passe o tempo que passar! Dê as condições ideais e logo mais uma nova plantinha nasce dentro de você…

P H O T O G R A P H                                                                                                                                                      Mais:
Fonte da Imagem: Pinterest



Acompanhe o blog mais pertinho:

domingo, 16 de outubro de 2016

Ser mãe...

Hoje o texto é de uma amiga dos tempos de infância… E como estou feliz por ela ter aceitado o meu convite para escrever aqui para o meu “blogzito”, rsrs. Obrigada Talita! De verdade, de coração <3
Me encontrei com ela tem um mês e meio mais ou menos, por acaso, em um culto da igreja. Eu estava em minha cidade natal e fui com minha mãe ao culto e lá acabei encontrando-a. Fazia tempo que a gente não se abraçava e batia um papo. Foi bom demais! E conheci então o filhotinho dela, o Davi, uma gracinha de menino. Vendo o jeito dela cuidando dele, com tanto carinho e cuidado, pensei na hora em convidá-la para escrever sobre o “Ser mãe”. Sabe quando a gente fica admirado de ver aquela amiga que brincou com você, que passou por adolescência, viveu as paqueras e conversas de corredor, além das intriguinhas de escola, de repente sendo uma “mãezona” de mão cheia??? Pois é, foi assim que fiquei naquele dia, orgulhosa de ter vivido tanta coisa com aquela mãezona. Dá pra ver nos olhos dela a admiração que ela tem pelo seu pequeno. E foi assim, num momento de nostalgia, mas também de euforia interna, que eu a convidei. Segue o texto de Talita Mingoni, para o Davi, para mim, para tantas mamães, para gente que gosta de apreciar os bons sentimentos da vida…

“A vontade de ser mãe sempre fez parte dos meus planos!
O tempo passou, e de repente, além dessa vontade, sentia algo que me fez desejar cada dia mais, começou a fazer parte dos meus pensamentos diariamente.
Pedi a Deus que no tempo e vontade dele me concedesse essa dádiva. Depois de um mês...eu estava grávida! Todos aqueles sentimentos novos e já inexplicáveis começaram a tomar conta de mim, algo surreal.
O amor e a alegria caminhavam comigo e iam crescendo junto com meu bebê. Os dias de ultrassom passaram a ser os mais esperados e importantes...passou rápido!!! Enfim conheci meu filho, aquele que há nove meses vinha fazendo uma mudança na minha mente e no meu coração.
Quando o vi pela primeira vez...que amor! Uma mistura de sentimentos...amor, alegria, medo e ao mesmo tempo...todos esses sentimentos se resumiam em uma só palavra...FORÇA.
Ele, meu filho, me trouxe tanta certeza de que eu era capaz de tudo por ele. Me transformou e o amor que eu achava que não tinha como crescer mais, transborda a cada dia que passa. Me faz ter orgulho e satisfação a cada momento que olho e admiro ele.
Ser mãe é proteger e se sentir protegida, é amar e ser amada, é ter uma companheiro(a) 24hrs do dia. Amigo(a) fiel em todos os momentos.Nos faz passar por cima de tudo e seguir em frente, faz superar a nós mesmas, enfrentar os nossos maiores medos. Faz nos sentirmos bobas e mesmo assim, continuamos com essas “coisas bobas” até em público. Nos faz vibrar com cada fase, etapa de mudanças, obstáculos vencidos.
Amor inexplicável que chega a doer. Uma experiência incrível. Um filho renova, transforma. Até nos dias mais difíceis tudo compensa por um sorriso, faz a mãe derreter de amor, esperança, Fé e tudo passa a ter sentido. MAE.”




E depois de me emocionar lendo esse texto cheio de amor, fica aqui mais uma vez o meu agradecimento pra Talita e também o convite para demais amigos que queiram compartilhar um pouquinho de energia boa com meus poucos mas queridos leitores.
Boa noite! E mães, obrigada por vocês existirem…

Fonte da Imagem: Instagram da Talita (@talitaaefabinhoo)

Acompanhe o blog mais pertinho:
Instagram: https://www.instagram.com/comafetonomeudia/